Mudanças entre as edições de "Projetos Interactivos Nuvem"

De nuvem
Ir para: navegação, pesquisa
(Redes Autônomas (Felipe Fonseca e Vincenzo Tozzi-Brasil))
 
Linha 11: Linha 11:
  
 
O projeto trata do desenvolvimento protótipos para a criação de redes autônomas, que possibilitem a troca de conteúdos digitais em áreas isoladas ou com pouca conectividade. Está articulado nos eixos hardware, software, acesso e conteúdo. Relaciona-se com projetos correntes dos autores (ZASF e Rede Mocambos).
 
O projeto trata do desenvolvimento protótipos para a criação de redes autônomas, que possibilitem a troca de conteúdos digitais em áreas isoladas ou com pouca conectividade. Está articulado nos eixos hardware, software, acesso e conteúdo. Relaciona-se com projetos correntes dos autores (ZASF e Rede Mocambos).
 +
 +
[[RedesAutonomasPlanejando]]
  
 
'''Perfil dos colaboradores:''' É interessante ter pelo menos 1 colaboradorx com perfil mais técnico, com conhecimento de administração de sistemas GNU/Linux,
 
'''Perfil dos colaboradores:''' É interessante ter pelo menos 1 colaboradorx com perfil mais técnico, com conhecimento de administração de sistemas GNU/Linux,
 
shell scripting, sistemas embarcados e afins. Habilidades esperadas de outrxs colaboradorxs são conhecimento de web(sistemas e front-end), e pesquisa/compilação/redação de conteúdo.
 
shell scripting, sistemas embarcados e afins. Habilidades esperadas de outrxs colaboradorxs são conhecimento de web(sistemas e front-end), e pesquisa/compilação/redação de conteúdo.
 
  
 
== '''Cybercoria (Lot Amorós-Espanha)''' ==
 
== '''Cybercoria (Lot Amorós-Espanha)''' ==

Edição atual tal como às 16h04min de 28 de setembro de 2012

ATENÇÃO: a sugestão do perfil de colaboradorxs mencionada aqui não é excludente. Cada colaboradorx poderá escolher as propostas do seu interesse, independentemente dos seus conhecimentos técnicos.

Bioconstrução - Grupo Fora (Bruna Maresch, Camila Argenta e Gabriel Scapinelli-Brasil)

A proposta de trabalho a ser realizada durante a residência em Visconde de Mauá consiste na criação de estruturas orgânico-vegetais a partir de técnicas de bio-construção, formando praças ajardinadas inspiradas em um estudo de elementos animais/vegetais da região. Da mesma forma, criar dispositivos de compartilhamento destes espaços, tornados sensíveis, a partir de tecnologias móveis.

Perfil dos colaboradores: Pessoas com disposição para explorar o local, trabalhar com a terra, escavar/plantar, com conhecimentos em edição, programação de sites.


Redes Autônomas (Felipe Fonseca e Vincenzo Tozzi-Brasil)

O projeto trata do desenvolvimento protótipos para a criação de redes autônomas, que possibilitem a troca de conteúdos digitais em áreas isoladas ou com pouca conectividade. Está articulado nos eixos hardware, software, acesso e conteúdo. Relaciona-se com projetos correntes dos autores (ZASF e Rede Mocambos).

RedesAutonomasPlanejando

Perfil dos colaboradores: É interessante ter pelo menos 1 colaboradorx com perfil mais técnico, com conhecimento de administração de sistemas GNU/Linux, shell scripting, sistemas embarcados e afins. Habilidades esperadas de outrxs colaboradorxs são conhecimento de web(sistemas e front-end), e pesquisa/compilação/redação de conteúdo.

Cybercoria (Lot Amorós-Espanha)

La anemocoria (anemo=viento; coro=alejarse, cambiar de lugar) es el fenómeno de dispersión de semillas por la acción del viento, otorgando a las plantas la libertad de conquistar nuevos ambientes. El proyecto Cybercoria rescata técnicas de la cibernética y la robótica a través de vehículos aéreos no tripulados para la dispersión de semillas. ¿Pueden los robots voladores entrar en simbiosis y extender las capacidades de reproducción de las plantas? ¿Pueden transformar el paisaje en un territorio ciborg?

Perfil dos colaboradores: Personas interesadas en: Drones o vehículos aéreos no tripulados; botánica, biología, agricultura de precisión; sistemas cibernéticos y orgánicos; integrar la tecnología en la naturaleza.


Shadow Dance (Mikko Lipiäinen-Finlândia)

Shadow Dance is a tool that helps adjusting dynamically the lighting conditions for garden plants to perform optimal photosynthesis by luring humans to cast shadows in garden space. A device to be developed measures the amount of light energy during the day and expresses the plants need of shadow/light by an intuitively understandable signal. The lesser the need for shadow/light the weaker the signal. The intuitive and playful nature of the signal lures humans to adjust lighting conditions.

Perfil dos colaboradores:-gardener/biologist with a knowledge of photosynthesis and experience on measuring it with variety of methods -electronics engineer/maker with experience of Arduino microcontroller and Pure Data programming.


Sistema de monitoramento ambiental do-it-together (Sibel Deren Guler-Estados Unidos/Turquia)

I propose to create a system of do-it-together environment monitoring modules that indicate and log data about properties such as water, soil and air quality. The modules will be powered by rechargeable batteries and can be charged by a hand-powered device (with solar panel backup power), located in a public venue for everyone to access. When the power station is not used for the batteries it can charge low power appliances such as cell phones. The system will empower citizens with the ability to measure the quality of their environment and create sustainable communication of this information.

Perfil dos colaboradores:I will be working with lab mates at Carnegie Mellon and partners at Harvard to do preliminary research and testing for the project. I may need help from some local builders and makers. I also have a few friends in Brazil who have offered to help me figure out what I would need.


Projeto local convidado: Autonomia do silêncio (Mariana Quinteiro-Brasil)

Este trabalho busca associar duas formas de autonomias envolvendo comunicação e geração de energia. A primeira versa sobre a autonomia pessoal da escuta, através da valorização do silêncio, em locais de grande altitude e silêncio absoluto, de fundamental importância para a compreensão do modo de vida na roça, com conexão com os ciclos naturais. A segunda incorpora a autonomia de um estúdio de gravação musical ao ar livre, utilizando o benefício dessas formações rochosas de excelente amplificação, efeito e retorno que propiciem a gravação de músicos da região.

Perfil dos colaboradores:Moradores locais com bom empenho em auxiliar no perfil da montagem dos equipamentos de áudio-vídeo, no esúdio rústico de gravação ao ar livre e na filmagem e edição do material final de audiovisual.