O Jogo do Golpe

De nuvem
Revisão de 14h41min de 14 de julho de 2016 por ValessioBrito (Discussão | contribs)

Ir para: navegação, pesquisa

Desenvolver junto com outras colaboradores um jogo ou alguma outra forma lúdica de explicar e conscientizar a população brasileira sobre o Golpe que esta ocorrendo no país.

Colaboradorxs

  • Valessio Brito - Jacobinense, hacker, artista digital e ativista do conhecimento livre. www.valessiobrito.com.br
  • F. Kleiman - Gestor Público
  • G. Almeida - Gestor Público
  • Camila Vaz - Artes Visuais
  • Eduardo Mafea - Pesquisador de arte digital
  • Camila Montagne - Jornalista e Mestranda em Divulgação Cientifica e Cultural
  • Amanda Apen - Pesquisadora em gravuras e novas tecnologias
  • Arthur Henrique - Ciência Política
  • Luiz Geron - Programador, Hacker e Gamer


Objetivo

O projeto tem como objetivo, criar um jogo sobre o processo de Impeachment da Presidenta do Brasil, utilizando eventos reais da mídia, STF e dos movimentos sociais. Através de uma ou mais jogada, será possível tratar temas/conteúdos sobre a situação política atual do País.

Metodologia

  • Utilizando a abordagem do Design Thinking, através de métodos e processos pensados na perspectiva do usuário (jogadores) e da temática qual se propõe o jogo; Esta sendo criado a jogada e regras do "Jogo do Golpe".

Diário da Nuvem

  • 11/07 - Apresentação da proposta de projeto e relato do desenvolvimento da proposta inicial; Início da documentação e estruturação dos dados/informações para primeiras cartas;
  • 12/07 - Apresentação do jogo "Twilight Struggle"; Revisão das cartas, avaliação da jogabilidade e do projeto; Mapeamento dos riscos;
   - "Twilight Struggle" - Jogo de tabuleiro
   Inicialmente o jogo teria 4 tipos de cartas: movimentos sociais, mídia, judiciário e senado
   Como os senadores se reúnem 1 vez por semana, cada jogador escolhe uma das cartas e depois de uma rodada é refeita a contagem dos senadores de cada lado
   São 38 cartas inicialmente
   Organização do jogo: o ponto de partida é a votação do impeachment no senado e os jogadores devem se articular para evitar o golpe
   Visual do tabuleiro: os senadores são identificados inicialmente por nome, estado, partido, foto e voto serão dispostos na bancada de acordo com  a legenda.  Um placar contando até 41 senadores mostra quantos faltam.
   Jogamos uma rodada com as cartas que temos. 


  • 13/07 - Redesenho do Tabuleiro; Revisão das cartas; Discussão sobre possíveis nomes; Planejamento para criação de um site e divulgação;