Jefferson Skorupski

De nuvem
Ir para: navegação, pesquisa

HOMO INTERFECTOR – HOMEM ASSASSINO

As transformações ambientais e os fenômenos naturais são partes da evolução natural do planeta, sempre teremos enchentes, deslizamentos de terras e tantos outros desastres naturais, mas o que ocorre quando todos estes eventos têm influência direta do Homem? Aceleram e assolam o meio em que vivem. O que nos tornamos diante destas catástrofes e qual a nova (des)humanidade (re)nascida desta involução capitalista?! A pesquisa experimental será através de performance que por sua vez irá revelar a nova transfiguração do Homem pós-destruição a que denomino de Homo Interfector, experimento que se utilizará do contato com a natureza por meio dos elementos terra, água e dejetos. A reflexão é contínua e uma incógnita ao que se reserva ao futuro das novas gerações que estão por vir.

EXPERIMENTO

- Imersão reflexiva e observatória do local da residência artística, numa prospecção de vestígios causados pelo Homo Interfector que jaz ali;

- Contato físico e transcendental com os elementos água, terra, bem como dejetos e natureza morta;

- Amolgar o corpo numa projeção de Homo Interfector, isto é, sucumbir os valores éticos, morais e sociais por uma transfiguração capitalista, que por sua vez é devassa e expectorante;

- Imiscuir os elementos pesquisados no espaço, e, consequentemente sublevar catastroficamente o ambiente;

- Pausar e volitar para que possa compreender esta faceta fadada a autodestruição.

PROCESSO

- Ações performáticas que façam insurgir a provocação política numa esfera socioambiental;

- Registrar a performance através de fotos, vídeos e escritas.

O ARTISTA

Performer recalcitrado, cearense e adotado pela capital paulista, da qual lida com fricções políticas no cerne social que o inquieta e o refaz em sua poética, proporciona a oportunidade de provocar e ricochetar os "coxinhas" de plantão.

Acesse: http://jeffersoncomex.wix.com/jefferson-skorupski http://mevoilaperformer.blogspot.com.br/