Clara Lee Lundberg

De nuvem
Ir para: navegação, pesquisa

Estou chamando a minha proposta para a residência de verão 2013 Laboratório ”Urbanismo tropical, tropicalismo urbano – micropoliticas de corpos e sons ” Este projeto procura pesquisar e explorar a sonoridade e corporalidade em contextos urbanos – tropicos. Me interesa sobre todo as relações entre corpo, movimento e sonoridade. Em que medida o nosso corpo se move e reaciona a partir do som que o rodea? Existe o silêncio? O que será o silêncio? Hoje em dia o “silêncio” - o seja a falta ou a ausência do barulho (noise) torno-se produto de luxo. As pessoas mas ricas do mundo podem comprar o silencio, a privacidade, podem controlar o barulho e a “contaminação sonora” através do dinheiro e o poder. Os sons cotidianos estão ligados aos classes sócio-econômicos da nossa sociedade contemporânea. Assim, eu penso sobre sons, áudio, “sonic wellfare” e “sonic warfare” em términos de liberdade, seleção e posturas sócio-econômicos. Tem uma classe de pessoas que podem escolher que tipo de som que vai acompanhar ou rodear eles e quando. Tem outras pessoas que não podem escolher nada, por exemplo as pessoas que moram na rua. Existe uma hierarquia no mundo sonora, e também existe uma hierarquia dos diferentes sons segúm a sociedade. Algum sons estão melhor vistos que outros. No meu laboratório gostaria de experimentar com gravações de sons urbanos e sons “naturais-rurais”, crear pontos de encontro e aplicar uma realidade sonora sobre a outra. Gravar o som urbano um dia enteiro no Centro do Rio de Janeiro / São Paulo e levar essa gravação para Nuvem. Instalar e reproduzir esse som num contexto tropical e ver como o meu corpo reaciona, como esse som “urbano” afeta e penetra a realidad rural. Outro experimento que quero realizar durante a minha residência será ficar em silêncio um dia enteiro e só gravar os sons do lugar (Nuvem). Depois analisar e usar essa gravação para experimentos corporais, crear jogos coreográficos, analisar a partir de textos (Sonic Warfare de Steve Goodman, Verdade Tropical de Caetano Veloso etc.) Também gostaria de fazer um mini-workshop com os outros residentes da Nuvem que aborda temas tratados no meu laboratório. Finalmente também vou gravar um vídeo (para uma instalação de "vídeo-art") que aborda gênero, o chamado "hippie trovador", o personagem clássico do "homem hippie que vende artesanato na praia, fuma muito vaziado e tenta seduzir as mulheres com seu violão cantando Bob Marley e Caetano Veloso."

Na minha residência trabalhei muito com "cross-urban-nature", meu corpo chegou a Nuvem totalmente marcado pela grande cidade (São Paulo)e se instalou num contexto tropical e foi absorvido pela natureza duma forma sútil, se tranformou á matéria transurbantropical. Também achei interessante trabalhar com elementos da Nuvem enquanto sítio rural e conectar esses elementos com meu corpo, por exemplo o varal e as cordas.


Pendurada.jpg Respirando.jpg Mão no varal.jpg Mãos no varal.jpg

Fotos: Mayra Martins Redin

Pendurada4.jpg Pendurada3.jpg Pendurada2.jpg Pendurada1.jpg

Depois de ter experimentado o contato físico com o varal, os pregadores e as cordas, fui pro rio para inventar jogos coreográficos na água.

Dancer in The River.jpg

Foto: Luciana Fleischman