Claudia Halley e Marcelo Pinel

De nuvem
Ir para: navegação, pesquisa

ENTIDADES TÉRREAS (...) e então Deus fez a humanidade de barro. Dona babosa.jpg

Nosso corpo humano carnal, nada mais é que sofisticadas terras transmutadas e enriquecidas de uma grande parte de água. Durante a vida, o corpo se alimenta de várias plantas, frutos, grãos e outros animais. Ao morrer, o corpo se decompõe retornando ou se transformando em terra. Em contraponto, a mesma terra proveniente da morte dos seres vivos, proporciona mais uma vez alimento ao reino vegetal, continuando um ciclo eterno.  

A terra é como a vida da morte.

As ENTIDADES TÉRREAS se resumem em terra fértil retirada do solo e depositadas dentro de roupas até preencher-las em suas formas evocando presenças humanas. A mesma terra fértil da decomposição é colocada em sua forma bruta e encarna um ser humanoide quase vivo. Vivo em presença, que com o passar do tempo vai retornando à sua origem, e ao mesmo tempo, transmutando-se nas várias vidas vegetais que brotam de si mesmas.

Ficamos alguns dias na estação rural confeccionado algumas dessas entidades e às deixamos em alguns pontos no terreno, deixadas para serem regadas pela chuva, habitadas por minhocas, insetos, e outros seres. É o oposto de espantalho, simbolizando uma integração do ser humano com a natureza. Processs.jpg Chimpc1.jpg

Morto.jpg

Gravida.jpg

Escondido.jpg

Tomanosol.jpg

Mortoclose.jpg



RESIDÊNTES INTERNACIONAIS PERMANENTES NA NUVEM



Jardins internacionais 2.jpg

Mapeamento da origem de espécies vegetais em seus respectivos países de origem. A grande maioria das espécies vegetais encontradas nas dependência da Nuvem são nativas da mata atlântica e do Brasil. Entretanto não é difícil encontrar espécies exoticas de vegetais. Assim como houveram várias migrações de povos em vários períodos da história da humanidade, as plantas (alimenticias, ornamentais, medicinais, aromáticas etc.) sempre estiveram juntos com os humanos nessas migrações e colonizações.

Espécies coletadas:

Ipomea

Hibisco-colibri

Malvarisco

Trevo

Hera

Pinheiro Negro

Hortência

Confete

Tritônia

Azaléa

Maracuja

Rabo-de-gato

Unha-de-gato

Pingo-de-ouro

Avenca

Capuchinha

Vassourinha

Pinheiro-sivestre

Rosa

Beijo-turco




PANCs na Nuvem

Durante nossa estadia na residência nuvem, incrementamos as refeições diárias com pratos usando PANCs (Plantas Alimentícias não-convencionais). Nas dependências do sítio, haviam uma grande variedades destes vegetais comestíveis. Com objetivo de experimentar e difundir esse conhecimento tão sustentável, preparamos pratos usando essas PANCs como ingredientes. Todas as espécies foram seguramente reconhecidas (pelo menos ninguém passou mal!) usando livro de Plantas Alimentícias Não Convencionais do Instituto PLANTARUM. Deixamos uma publicação impressa na biblioteca da casa, ajudando a identificar algumas PANCs (as que utilizamos nos pratos) nas dependências da Nuvem. Salada.jpg Arquivo:Hibisco.jpg Arquivo:Geleia.jpg Arquivo:Taioba.jpg Arquivo:Ilt.jpg