Amanda Costa

De nuvem
Ir para: navegação, pesquisa

Cangote Aéreo ou Tapete Voador


vem à nuvem

toró vespertino

cachuveira em rio

vontade de sol


cangote

do solo ao teto

ao solo, pela sombra:

projechão


Banana nas alturas!

tuas folhas, uma obra


.


V.JPG


A.JPG


B.JPG


C.JPG


D.JPG


E.JPG


G.JPG


H.JPG


J.JPG


O.JPG


Q.JPG


R.JPG


S.JPG


T.JPG


U.JPG


X.JPG



.


Cangotes


Cangotes é uma pesquisa de investigação no âmbito da intervenção urbana, inspirado na dinâmica urbana informal carioca e na canga de praia.

Trata-se de um objeto modulável - o cangote - de urbanismo efêmero.

Posto à disposição dos cidadãos, incita-os a se apropriarem dos espaços públicos coletivamente.


O cangote é um redesenho da canga, aplicando-lhe o princípio do “puxadinho”.

Dilatada por uma extensão lateral, a canga em ”I” se transforma em ”L”, ampliando a zona de apropriação do solo.

Sua nova forma faz com que ele sirva a múltiplas combinações com outros cangotes, gerando diversas configurações espaciais, como no jogo “Tetris”.


O cangote (canga-lote) propõe uma outra prática de cidade, sendo um dispositivo portátil de apropriação fundiária, que modifica dinâmicas territoriais.

Ele é um instrumento tático sob a forma de micro-arquitetura: um objeto relacional que gera transformações espaciais e na paisagem.